DEFESA DOS ANIMAIS

DEFESA DOS ANIMAIS
As melhores reportagens sobre defesa dos animais

FELINOS

FELINOS
Conheça as melhores histórias sobre os felinos

ENTREVISTAS

ENTREVISTAS
Conheça o trabalho de pessoas que amam os animais

CÃES

CÃES
Incríveis histórias com os cães

ENCHENTE DE SANTA CATARINA E O SOCORRO AOS ANIMAIS

02/12/2008

(Leia as atualizações recentes no fim desse artigo)
Apesar da grande ajuda que está sendo enviada para os animais vítimas das enchentes em dinheiro e alimentos, a situação dos mesmos continua crítica. Isto porque a participação dos humanos no caso continua péssima, como era de se esperar. Se por um lado as ONGs, verdadeiros defensores fazem de tudo para ajudar, por outro os órgãos que mais deveriam fazer são os que menos fazem, ou melhor, nada fazem e até escondem o alimento recebido. No caso aqui se trata diretamente do CCZ e o FEMAI, (Fundação do Meio Ambiente de Itajaí). Os CCZ também não estão aceitando a ajuda dos veterinários voluntários que se propõe a ajudar. Tudo isto é extremamente lamentável e triste principalmente vindo de órgãos que foram criados e mantidos justamente para ajudar os animais.

O que anda acontecendo

Para entender melhor a situação transcrevemos o E-MAIL enviado pelo Pedro da GAE Floripa que relata os acontecimentos com relação a distribuição de alimentos e recursos aos animais vítimas da enchente

RELATOS – ITAJAÍ

"Olá pessoal,

Os protetores de Florianópolis levaram mais de 1 tonelada de ração para cães, gatos e cavalos para Itajaí. Estivemos em contato direto com o pessoal da Associação Itajaiense de Proteção dos Animais (AIPRA). Passamos o dia inteiro fazendo entrega de rações diretamente nas casas das pessoas que tiveram suas residências atingidas. A quantidade de lixo acumulada em frente às casas era absurda.

Não há mais áreas alagadas! Encontramos alguns animais mortos. Foram encontrados muitos depois que água baixou.

COMENTÁRIOS DESAGRADÁVEIS

Muito lamentável o descaso das autoridades de Itajaí. No pavilhão chamado "Marejada", as doações dos animais tiveram de ser escondidas para que a imprensa não filmasse e transparecesse que os animais são mais importantes que os humanos.

Uma vergonha o que o CCZ e a FAMAI (Fundação do Meio Ambiente de Itajaí) estão fazendo, ou melhor, o que não estão fazendo!

CCZ: não estão aceitando ajuda de veterinários voluntários; não estão atendendo animais desabrigados e das famílias; está usando sua própria verba para ajudar humanos, os quais possuem pilhas e pilhas de doações, verbas do governo federal e por aí vai (Para que se cria um CCZ? Pra cuidar de humanos?)

FAMAI: não estão atendendo os animais; nem se quer sabem de alguém que esteja fazendo isso.

Nem para o CCZ, nem para FAMAI os animais são prioridade. Caso não tivesse ninguém por perto, as doações que se encontravam na Marejada iriam para no CCZ. Para nas mãos de quem não está cumprindo sua obrigação.

ATENÇÃO: muito cuidado ao enviar suas doações pela Defesa Civil (órgão do governo). A Defesa Civil de outras cidade podem ajudarem no carregamento das doações para os animais, porém a Defesa Civil de SC não está colaborando!!! Caso venham doações pela Defesa Civil elas irão parar no CCZ da cidade de destino. Entrem em contato diretamente com as ONGs. Tenham certeza que as rações estejam sendo distribuídas diretamente aos responsáveis pelos animais.

O que levamos ontem para Itajaí irá durar cerca de uma semana. Além de Itajaí temos outras áreas que precisarão de ajuda.

Os órgãos do governo não estão coloborando com os animais. Rações que são destinadas aos protetores dos animais que estão REALMENTE trabalhando correm o risco de serem DESVIADOS para órgãos burocráticos do órgão. Ou seja, acaba não chegando onde deveria chegar.

Abaixo estão informações sobre um convênio com a transportadora Braspress. Eles estarão colaborando no transporte de doações tanto para humanos como não humanos.TRANSPORTE

Tenho orientado o pessoal de outros estados a procurarem a Braspress que está transportando doações pela sua frota. Meu pai (Clóvis) trabalha na Braspress Florianópolis. Fizemos uma entrega de doações nesse último domingo com o caminhão e o diesel sendo pago pela própria Braspress.

Aconselhei o pessoal de SP a tentar embalar as doações em caixas e identificá-las conforme indicado abaixo. Estamos tentando concentrar em Florianópolis para ter certeza de que chegará em outras cidades atingidas. Ao entrarem em contato com o responsável na Braspress, se tiverem com as caixas embaladas e identificadas, podem dizer que ali tem arroz, feijão, ração tudo junto (melhor ainda se tiverem também doações para humanos). Para evitar o que está acontecendo em Porto Alegre: mais de 200kg de ração estão parados a espera de transporte. Temos que apelar pra tudo!!!



A lista de filiais da empresa está no link http://www.braspress.com.br/filiais.php

TIMPORTANTE

1) Identificar as doações com "Destinado à filial Florianópolis - A/C Clóvis Teixeira (48)9911-8454".

2) Deverão ter uma NOTA AVULSA (esse tipo de nota pode ser encontrada em papelarias). Os próprios funcionários da Braspress ajudarão a preencher a nota;Envio uma lista das pessoas que entraram em contato comigo, para que possam se comunicar.

SP

Luciana - lu.olyver@hotmail.com
Renata - rhhespanhol@yahoo.com.br
Caroline - carol@procontabilconsultoria.com.br
Ércia - ercinha@uol.com.br
Andréa - andrea_rami18@hotmail.com
Fabiana - fabiana@mopibichos.com.br
Petunia - pethyy@ig.com.br


PR

Aline - alinezardo@yahoo.com.br
Tamara - tamara.colle@gmail.com


RS

GAE - Porto Alegre - gae.portoalegre@gmail.com
Diane (Passo Fundo) - jornalamigobicho@yahoo.com.br
(54) 9188 3564 / 8402 5726


Estou a disposição para esclarecimentos.


Por favor, divulguem!

- Hide quoted text –

Abraços, Pedro Teixeira

(48) 9911-8454

Veterinários sem Fronteiras

Para sorte dos animais, isto se não houver impedimentos, a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal), envia o médico veterinário Werner John Payne, consultor para catástrofes da referida entidade e dirigente da ONG Veterinários Sem Fronteiras. Terça-feira visita a cidades do Vale do Itajaí, a região mais atingida, com objetivo de conversar com a Defesa Civil e autoridades locais visando medidas de apoio para ajudar aos animais. Baseando-se na tendência natural que os brasileiros tem para respeitar e valorizar especialistas de outros países, é provável que a partir da presença e encontros do Dr. Werner com as autoridades o tema animal possa vir a ganhar destaque num novo contesto dessa vez favorável aos animais, E bem sabido que santo da casa não faz milagres. Por isso mesmo até agora não tem adiantado a batalha incansável do pessoal das ONGs nem suas palavras. Tanto é que nada aparece na mídia sobre a ajuda aos animais.

Orkut e blogs entram na luta

Quem andou pesquisando sobre a situação dos animais em Santa Catarina teve uma surpresa. Quase nada na mídia oficial, ou seja, jornais, noticiários da TV, etc. Parece que esses meios não estavam preocupados em quem não dá ipobe, nesse caso, os animais. Por outro lado, os "não oficiais", blogs, comunidades do orkut e até o Hi5 de Portugal não falavam de outra coisa. No Youtube apareceram muitos vídeos sobretudo da enchente. De toda maneira os animais não estiveram esquecidos. Inúmeras pessoas de várias partes do país destinaram seus envios exatamente a essas criaturas tão indefesas e dependentes que não tem como pedir, apenas aguardam serem salvas, cuidades e alimentadas. Não são objetos descartáveis, uteis nos momentos de alegria e esquecidas nos momentos de aflição, são vidas, sujeitas ao frio, ao calor, a dor, a fome e todas as misérias pelas quais passam também as pessoas. Milhões em dinheiro e recursos de toda espécie foram enviadas as pessoas, merecidamente. Mas será que pessoas simples, sem nenhum recurso ou poder, como as comunidades do orkut, o pessoal dos blogs, as ONGs e os defensores dos animais é que tem que se preocupar por eles? Leonardo Bezerra

Leia também

ANIMAIS SÃO VÍTIMAS DA TRAGÉDIA DE SANTA CATARINAATUALIZAÇÃO: 04 de dezembro: 10:40

Por: Bárbara: Direto de Santa Catarina

Leonardo, hoje tivemos reunião com vários órgãos, Defesa Sanitária, bombeiros, veterinários, vigilância Sanitária, defesa civil. A área mais atingida, o Baú, devido à explosão do oleoduto, continua sendo zona vermelha com risco de desabamento. Naquele local existem sítios maravilhosos com gado e cachorros de raça, e também a população mais carente, todos foram retirados com helicóptero. Só restaram os animais. O acesso por trilhas é proibido e o exército está de plantão. Os donos dos imóveis estão esperando secar a terra e ter acesso para cuidar de seus animais. Algumas pessoas se negaram a sair e continuam na área e recebem donativos lançado por helicóptero, assim podendo alimentar alguns cachorros que estão concentrados numa área mais segura. Felizmente o tempo está bom e torcemos para que logo possam voltar, mesmo sabendo que jamais poderão voltar a habitar naquele local. Na cidade, nós estamos fazendo a distribuição de ração para pessoas de confiança que repassam a quem precisar e também para os cães e gatos de rua.

Veterinários sem Fronteiras estão desde terça-feira em Santa Catarina para organizar a ajuda aos animais.

LEIA TAMBÉM: Atualização recente sobre o assunto

SANTA CATARINA: PRIMEIRA EQUIPE DE SOCORRO AOS ANIMAIS CHEGA A REGIÃO DE ACESSO PROIBIDO


0 comentários:

Faça parte do Jornal Defesa dos Animais

Ajude-nos a melhorar ainda mais preenchendo este formulário

Entrevistas

Os animais são inocentes

Frases do dia

Ocioso

Conheça nossa página de vídeos

Resumo da Declaração Universal dos Direitos dos Animais

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais da ONU

01 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

02 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

03 - Nenhum animal deve ser maltratado.

04 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

05 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

06 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

07 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

08 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra o animais.

09 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender