DEFESA DOS ANIMAIS

DEFESA DOS ANIMAIS
As melhores reportagens sobre defesa dos animais

FELINOS

FELINOS
Conheça as melhores histórias sobre os felinos

ENTREVISTAS

ENTREVISTAS
Conheça o trabalho de pessoas que amam os animais

CÃES

CÃES
Incríveis histórias com os cães

FARRA DO BOI, NA MIRA DA JUSTIÇA

10/04/2009


No que se refere aos maus tratos aos animais, Santa Catarina é o estado da vergonha nacional. Em nenhum outro estado do país um animal é tão cruelmente tratado por simples prazer como naquele estado. O pior de tudo é saber que o povo daquele estado não precisa de nenhuma maneira de tais crueldades. É um estado belo e rico. Conta com inúmeras tradições atrai turistas de todas as partes do Brasil e do mundo. Por isso mesmo fica difícil entender porque esse povo ainda acha que precisa de Farra do Boi. É claro que não nos referimos a toda a população, mas sim a uma minoria enraizada nas crueldades contra animais e que por isso põe em jogo o nome do resto da população pelo fato de permitir que esses seus conterrâneos pratiquem tais barbaridades.

Quando se fala de Farra do Boi logo nos vem à mente o Estado de Santa Catarina como um todo. Por isso cabem as pessoas de bem daquele estado dar um basta a toda e qualquer pessoa que pratique tais barbarismos, muitas vezes parentes, amigos, ou seja, lá quem for. A menos que queiram continuar taxados como o povo mais cruel do Brasil.O Estado, além da má fama motivada pela Farra do Boi, nos últimos anos, ganhou outra fama, é o estado das catástrofes naturais. Parece mesmo estranho que catástrofes terríveis como tornados sem nenhuma incidência em nenhum outro estado vieram se juntar às enchentes, secas e muitas outras calamidades que assolam o Estado isto tudo numa pequena faixa de terra.

Quando da maior enchente de todos os tempos assolou o Estado no ano passado, todos os brasileiros foram solidários na ajuda à reconstrução de Santa Catarina. Agora, esses mesmos brasileiros, da paz, da harmonia e da solidariedade, enojados com as atitudes referentes à Farra do Boi, pedem e torcem para que os catarinenses de bem acabem de vez com essa tradição absurda que só tendem a prejudicar o nome do país perante o mundo.


Como é a Farra do Boi


Tido por muitos e principalmente por quem defende os animais como “a vergonha nacional”, é uma prática cruel que só acontece no Estado de Santa Catarina, principalmente em Florianópolis e no litoral do Estado em geral. É praticada durante a Quaresma. Um boi é solto, no mato, nas praias, nas ruas ou em qualquer outro lugar e uma turma de vândalos e imbecis que pelo visto não tem outra coisa para fazer na vida, saem correndo atrás do boi mutilando-lo com pauladas, pedradas, facadas, fogo e tudo de horrível que um ser vivente pode sofrer. Isto tudo para puro prazer das multidões de vândalos que se deliciam com essas crueldades. O pior de tudo é que esses vândalos tem pai, mãe, esposas que por sua vez nada fazem para impedi-los. Perfeitamente coniventes e muitas vezes até apoiadores de tais práticas tudo em nome da tradição.
Manifestações contra

Segundo um jornal local, 15 pessoas distribuíram folhetos informativos contra a Farra do Boi e exibiram faixas condenando a prática. Segundo consta, quem passou em frente reagiu de maneiras diversas: uns apoiavam a iniciativa e outros reprovavam o protesto por achar que a Farra do Boi é tradição. Parece mesmo incrível que no mundo existam pessoas que se dizem humanas, que certamente não desejam a menor dor ou dano para seus filhos e, no entanto são capazes de dizer que apóiam a Farra do Boi.Origens da Farra do Boi

A Farra-do-boi, que acontece todos os anos no Balneário Barra do Sul, a 40 quilômetros de Joinville (SC), começa na Quinta-Feira da Semana Santa. Teve início na Península Ibérica, por volta do século XIV, originando-se de uma mistura da luta de animais – que era um dos lazeres da burguesia – com a corrida de touros, festa nacional espanhola. Atualmente, ainda existe a Corrida de São Firmino, na Espanha.

Da forma como acontece hoje, em Santa Catarina, a farra-do-boi teve origem na Ilha Terceira, nos Açores, com o boi correndo pelas ruas, sendo enfrentado por toureiros improvisados.
A tradição chegou à Santa Catarina trazida pelos primeiros seis mil açorianos que lá desembarcaram entre 1748 e 1756. A farra-do-boi consiste na corrida de bois pelas ruas, ficando as pessoas com o direito de irritarem os bois, em outras palavras, espancá-los com paus, pedras e outros objetos numa carnificina sem limites.A Lei proíbe esta manifestação folclórica, por força de uma decisão que a pôs na ilegalidade. Apesar disso, como acontece no Brasil com a maioria das Leis de proteção aos animais, essa também fica só no pape, pois a farra continua acontecendo.

Leis contra a Farra do Boi

A Farra do Boi é considerada crime desde fevereiro de 1998. Eis as Leis de defesa dos animais:

Lei Federal nº 9.605, de Fevereiro de 1998: Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.
Capítulo V - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente Seção I - Dos Crimes Contra a Fauna Art. 32: Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Pena: Detenção, de três meses a um ano, e multa.

Segundo o noticiário local, neste ano, a polícia está de olho nos praticantes da farra. As autoridades finalmente acordaram e perceberam que o Estado só tem a perder com tais práticas. Mas a questão é que é praticamente impossível policiar todo o Estado. Mesmo assim, já houve alguns confrontos, mas dificilmente alguém vai parar na cadeia por causa da Farra do Boi. Leonardo Bezerra

"A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados" - Mahatma Gandhi

0 comentários:

Faça parte do Jornal Defesa dos Animais

Ajude-nos a melhorar ainda mais preenchendo este formulário

Entrevistas

Os animais são inocentes

Frases do dia

Ocioso

Conheça nossa página de vídeos

Resumo da Declaração Universal dos Direitos dos Animais

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais da ONU

01 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

02 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

03 - Nenhum animal deve ser maltratado.

04 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

05 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

06 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

07 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

08 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra o animais.

09 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender