DEFESA DOS ANIMAIS

DEFESA DOS ANIMAIS
As melhores reportagens sobre defesa dos animais

FELINOS

FELINOS
Conheça as melhores histórias sobre os felinos

ENTREVISTAS

ENTREVISTAS
Conheça o trabalho de pessoas que amam os animais

CÃES

CÃES
Incríveis histórias com os cães

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DOS ANIMAIS

04/10/2009

Depois de uma semana de eventos relativos aos animais promovidos pela prefeitura de São Paulo, o mesmo ocorrendo e várias outras capitais do Brasil, chega o dia dos animais. Um dia de alegria para todas as pessoas sensatas que percebem a grande importância e valor da vida dos animais. Por isso mesmo, também um dia para lamentar, o sofrimento por que passam esses nossos irmãos menores diante da falta de coerência e até de inteligência da grande maioria da população que não consegue ver animal além de um produto.

O Dia Mundial dos Animais surgiu em 1931 em Florença, Itália. A idéia inicial criada por ecologistas, era a preocupação com os animais em extinção. O dia não podia ser outro senão o 04 de outubro, dia de São Francisco de Assis, patrono dos animais e mais recentemente também patrono da ecologia, isto porque em todos os tempos foi o santo que mais entendeu toda a criação de Deus, desde as criaturas inanimadas até os animais mais perfeitos e belos. Com o passar do tempo, com o aprofundamento do estudo da ética e de várias ciências ligadas à natureza, a idéia de certa forma romântica do início, ganhou peso e base científica chegando no momento a ser encarada como uma questão de sobrevivência da humanidade. Não é mais possível desvincular a destruição do planeta ao uso da indústria de exploração animal.O lado trágico dos animais é promovido pelo homem e o lado bom do homem é promovido pelos animais que só lhes dão alegria e satisfação. Quantas pessoas idosas tem num animal sua única companhia e conforto, quantas crianças tem no animal um estímulo para o carinho e o bom caráter. Quantos já foram salvos por animais em desabamentos e catástrofes das mais diversas, quantos são os animais de guarda e de companhia, enfim, o bem que os animais proporcionam é imenso ao mesmo tempo em que o mal promovido pelos homens aos animais parece ser ainda maior. A indústria da morte animal, verdadeiro holocausto legalizado aonde milhões vão diariamente ao matadouro unicamente porque são vistos como geradores de riquezas e não como vidas que sentem o mesmo que os humanos. Leonardo Bezerra

Que mudanças espera para o mundo vegetariano de amanhã?

Uma pergunta feita por EVANA - European Vegetarian and Animal News Alliance (Respostas de Leonardo Bezerra)

Acho que o mundo vegetariano será o mundo do futuro. Sem poluição, sem destruição das florestas para implantação de novos pastos, portanto sem o terrível aquecimento global. Ao mesmo tempo será um mundo onde não se conhecerá mais parte das doenças, como as cardíacas, câncer e outras originadas da alimentação de carne. Ao mesmo tempo, o homem terá alcançado sua maior vitória, "o pensamento finalmente vence a brutalidade da indústria da pecuária". O homem perceberá a importância da ética, compreenderá o valor da vida.

Mas este mundo que no momento parece de sonho, na verdade já começou em todo o mundo. É o mundo dos vegetarianos. No momento, parecem mais sonhadores, sofrem indiferença, críticas e as vezes até perseguições. Encontram pela frente uma sociedade embrutecida por milênios de tradições cruéis. Tradições que festejam a alegria de casamentos, Natal, aniversários e muitas outras datas, com a morte. Sim, a morte de animais para que pessoas se alegrem comendo-os sem a menor necessidade, apenas por seguir tradições brutas e cruéis. Muitas pessoas alegam gostar dos animais. Até os tem como animais domésticos. Mas se são carnívoros, são um pouco hipócritas, pois quando alguém compra carne, está pagando também embutido no preço da carne, o salário daquele que matou o animal. Como alguém pode cuidar de um animal, até com conforto, enquanto paga para matar outro?

A vinda de um novo mundo, totalmente vegetariano é um processo demorado, mas sem retorno. No futuro os vegetarianos de hoje, serão consideradas pessoas muito adiante em seu tempo. Que já pensavam e agiam como se estivessem já no futuro. É algo semelhante ao que aconteceu com a escravidão humana. Aqueles que trezentos anos atrás falavam na libertação dos escravos, sem dúvidas, estavam adiante de seu tempo, pois toda a sociedade achava a existência da escravidão a coisa mais normal do mundo. O mesmo se pode dizer hoje com relação a libertação animal.

Portanto, a escravidão ainda não terminou, apenas mudou de senhores e de escravos. Hoje os senhores são as indústrias alimentícias e o agro-negócio e os escravos os animais. Isto, de uma forma ainda mais brutal, pois estes, não só trabalham, mas são mortos para proveito da indústria.

Portanto, ser vegetariano hoje, é ser uma pessoa adiante de seu tempo. O contrário também se pode dizer. Não ser vegetariano, é ser uma pessoa atrasada no tempo, uma pessoa que praticamente concorda com a escravidão e nem sequer tem opinião própria. Não se detém um instante para pensar nos benefícios do vegetarianismo e no valor da vida de cada animal, prefere seguir ao lado dos que praticam as tradições mais ridículas e sem sentido.

1 comentários:

Conceição Ramos disse...

Leonardo O meu desejo de um Bom Ano 2010 para todos, com menos egoísmo mais civismo, mais AMOR e com o desejo de que o Bicho Homem, comece a pensar que outros seres neste Planeta tem direito a esse mesmo calor, e ainda o desejo que o homem ponha os olhos nos animais e consigam ter a capacidade de amar como eles. Um grande abraço e vamos ter esperança de um dia o Bicho Homem se torna mais humano. Conceição Ramos

31 de dezembro de 2009 15:09

Faça parte do Jornal Defesa dos Animais

Ajude-nos a melhorar ainda mais preenchendo este formulário

Entrevistas

Os animais são inocentes

Frases do dia

Ocioso

Conheça nossa página de vídeos

Resumo da Declaração Universal dos Direitos dos Animais

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais da ONU

01 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

02 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

03 - Nenhum animal deve ser maltratado.

04 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

05 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

06 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

07 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

08 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra o animais.

09 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender