20/12/2020

OPERAÇÃO EM SÃO PAULO COMBATE TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES

 


Um dos principais traficantes de animais silvestres do país foi preso nesta sexta-feira (4), em São Paulo.

Roberto Augusto Martinez Filho, conhecido como Zé do Bode, usava as redes sociais para o comércio ilegal de animais. Ele já tinha sido preso em agosto do ano passado, mas estava em liberdade.

A prisão faz parte de uma operação que envolveu a Polícia Federal, o Ibama e a Polícia Ambiental do estado de São Paulo, com o objetivo de desmontar um esquema de tráfico de animais.

Ao todo, a justiça autorizou 14 mandados de prisão. Segundo o último balanço da Polícia Federal, 11 pessoas foram presas, e outras três ainda estão sendo procuradas. Entre elas, o filho de um dos acusados preso nesta sexta-feira.

Também foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e 200 animais foram localizados: diferentes espécies de araras, papagaios, tucanos, jabutis, jacarés e macacos. A maioria eram aves, e muitas delas ameaçadas de extinção.

 Ao longo da operação foram localizados mais de 500 animais em cativeiro, alguns em situação de sofrimento, como papagaios que estavam em caixas de leite longa vida onde seriam transportados.

 A operação acontece em cidades de cinco estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná e Goiás, e foi batizada como Urutau 2 - um desdobramento da Operação Urutau 1. O nome faz referência a uma ave de hábitos noturnos, com habilidade para se camuflar.

Os traficantes vão responder por diversos crimes, como receptação dolosa qualificada, associação criminosa, caça de animais silvestres e falsificação de documento particular, já que eles usavam documentos falsos para dar aparência de legalidade no comércio dos animais. 

O delegado da Polícia Federal, Marcelo Ivo de Carvalho, explicou que os criminosos também vão responder por crime de perigo à vida e à saúde.O delegado de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente, Sebastião Pujol, alertou que pessoas que compram animais silvestres de origem ilegal também podem responder pelo crime de receptação.

 A orientação é que pessoas interessadas em ter animais silvestres em casa comprem de lojas reconhecidamente autorizadas, e evitem os anúncios na internet ou a venda presencial em feiras livres. (Rádio Agência Nacional)

16/12/2020

NÓS NEM PODEMOS IMAGINAR AS CORES QUE OS BEIJA-FLORES CONSEGUEM VER

 


Os olhos dos beija-flores provavelmente têm um tipo cone extra, o que lhes permite enxergar cores que nós não vemos. Isso significa que eles podem ver comprimentos de onda ultravioleta, permitindo comportamentos específicos de alimentação, acasalamento e fuga de predadores.

Ao contrário de humanos, que temos três tipos de cones sensíveis a cores na retina, os pássaros muito possivelmente têm quatro tipos. Enquanto nós só podemos ver as luzes vermelha, verde, azul e suas misturas, eles têm acesso a um leque muito maior de cores.

Se a combinação de três cores que nós podemos ver resulta em tantas matizes diferentes, imagine o que isso representa para a variedade de cores vistas pelos beija-flores. Qual seria o resultado da combinação entre ultravioleta e verde?

“Humanos são daltônicos comparados com aves e outros animais”, diz a bióloga Mary Stoddard, da Universidade de Princeton (EUA).

Por conta do tipo de cone extra dos beija-flores, cientistas acreditam que eles possam ver pelo menos cinco cores fora do nosso espectro, incluindo o roxo e as combinações de ultravioleta e vermelho, ultravioleta e verde, ultravioleta e amarelo e ultravioleta e roxo.

Experimento com beija-flores

Para testar essa hipótese, Stoddard e sua equipe utilizaram tubos de LED programados para mostrar várias cores, incluindo cores não-espectrais, que não são vistas por nós. Esses equipamentos foram colocados perto de bebedouros de beija flor, sendo que alguns bebedouros continham água com açúcar, enquanto outros tinham apenas água.

Conteúdos diferentes dos bebedouros estavam próximos de LED com cores diferentes. Depois do primeiro round exploratório, eles mudaram a localização dos bebedouros, acompanhados de suas cores específicas. Isso foi feito com objetivo de verificar se as aves usariam as cores para identificar as estações de alimentação que continham água açucarada.

Os beija-flores podiam, com facilidade, distinguir entre as diferentes cores não-espectrais para obter a recompensa. “As luzes ultravioleta+verde e verde pareciam idênticas para nós, mas os beija-flores continuavam escolhendo corretamente a luz ultravioleta+verde associada com a água açucarada”, diz o co-autor do estudo Harold Eyster, da Universidade de British Columbia (Canadá)

Dezenas de novas cores

Apesar de impressionante, esse estudo ainda não comprova de uma vez por todas que as aves têm um sistema visual tetracromático, e mais estudos são necessários para testar os limites da percepção de cores dos pássaros.

“Será que UV+verde parece para as aves como uma mistura dessas cores (de forma análoga ao acorde duplo tocado por um violinista), ou tão sublime quanto uma nova cor (análogo a um tom completamente diferente de seus componentes)? Não podemos dizer”, escrevem os autores no trabalho, publicado na revista PNAS.

E qual seria a utilidade de ter uma visão tão poderosa? Um segundo estudo analisou a composição de mil tipos de penas de aves e quase 2400 tipos de plantas, e constatou que 30% deles tinham cores fora do espectro. Isso indica que existe todo um mundo de cores que não é acessível a nós, mas que as aves navegam com muitas vantagens para elas. (Por Juliana Blume - Hypescience)


Você que ama o Brasil e espera grandes mudanças. Conheça nosso novo trabalho, você vai amar!

Faça parte do Jornal Defesa dos Animais

Os animais são inocentes

Frases do dia


Conheça nossa página de vídeos

Resumo da Declaração Universal dos Direitos dos Animais

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais da ONU

01 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

02 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

03 - Nenhum animal deve ser maltratado.

04 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

05 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

06 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

07 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

08 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra o animais.

09 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender