DEFESA DOS ANIMAIS

DEFESA DOS ANIMAIS
As melhores reportagens sobre defesa dos animais

FELINOS

FELINOS
Conheça as melhores histórias sobre os felinos

ENTREVISTAS

ENTREVISTAS
Conheça o trabalho de pessoas que amam os animais

CÃES

CÃES
Incríveis histórias com os cães

ANIMAIS SÃO VÍTIMAS DA TRAGÉDIA DE SANTA CATARINA

27/11/2008


Como sempre, os animais são as maiores vítimas das catástrofes naturais, normalmente desencadeadas pelo homem. No caso de Santa Catarina não é diferente. A causa da chuva também não é tão natural como parece, mas certamente resultado de algumas ações humanas ligadas a natureza como o aquecimento global e outras. Quem paga mesmo são os animais. Milhares deles estão nesse momento abandonados. Contam apenas com a sorte e auxílio de umas poucas ONGs em defesa dos animais. Mesmo porque as próprias ONGs foram também afetadas com a enchente. Cães tem sido encontrados mortos e presos em coleiras nos pátios das casas. Seus donos nem sequer tiveram o cuidado de os soltar para que sobrevivam. Gatos abandonados em apartamentos. Aqueles que vivem em casas tiveram mais sorte, pois permanecem nos telhados e nas árvores sobre as águas. Assim, a terra da "farra do boi", onde centenas são sacrificados de maneira cruel para divertimento de pessoas se vê agora em sofrimento e os animais sofrem ainda mais que seus donos.

Em Itajaí a ONG Viva Bicho informa que os animais não tem como se ajudar sozinhos, que estão ilhados, sem comida, com medo e frio a espera de ajuda. Apela-se aos moradores que tentem alimentar os animais que estão nas ruas. Informam que não há ração disponível para compra na cidade, vindo então de outros lugares. Apelam para qualquer ajuda que se reverterá imediatamente para resgate e tratamento dos animais sobreviventes. O contato com a referida ONG é o seguinte:

Contato: Bianca - Ong Viva Bicho (47) 8425-1459 / 9903-5441 Banco do Brasil Ag. 1489-3 cc 20793-4 Associação Viva Bicho CNPJ 06 156 776 / 0001 - 81

Em Blumenau a APRABLU - Associação Protetora de Animais de Blumenau, informa que há muitos animais ilhados e também perdidos pela cidade, e a ONG solicita aos moradores que tentem alimentar e confortar os animais que encontrem. A Associação pede com urgência doações para compra de medicamentos, alimentação, condições de abrigagem, cordas e potes.

Contato para doações: e-mail: aprablu@terra.com.br (Bárbara) Caixa Econômica Federal (ou lotéricas) Ag.411 Op. 013 C/C 187-5 Simone Ruth Stoltz
Florianópolis foi menos atingida que Itajaí e outras cidades do interior GAE Floripa e É o Bicho organizam o envio de estoque de rações a Itajaí, já contando com uma forma de transporte para sábado. Contato para apoiar com doações:

e-mail: ordepdarc@gmail.com (Pedro)

Na cidade gaúcha de Passo Fundo, voluntários da Amigo Bicho conseguiram apoio da Defesa Civil local para enviar à Santa Catarina rações para gatos, cães, cavalos e bois e doações de potes, coleiras e correntes, a serem arrecadados na cidade. Os donativos podem ser entregues no corpo de Bombeiros da Moron (atrás da Escola Notre Dame) e da Petrópolis, devendo as embalagens ser identificadas como sendo "para animais". amigobichopf@gmail.com

Os produtos podem ser entregues em um endereço comercial, de segunda a sexta-feira (não é sede de ong), que aceitou estocar os produtos. Endereço: Rua Demétrio Ribeiro, 525 (Centro) Porto Alegre - Rio Grande do Sul horário: das 9:00 às 11:30 e das 14:00 às18:00. (horário comercial) Contato: Diane Tauffer Passo Fundo – RS (54) 9188 3564 (54) 8402 5726Você de qualquer parte do Brasil que ama os animais, pense neles nesse momento e ajude de alguma maneira nem que seja uma quantia pequena, tudo será útil nesse momento. Se em último caso você não puder enviar alimentos ou dinheiro então pelo menos divulgue através de E-Mail essa mensagem e os endereços acima para que seus amigos possam colaborar. Todos os defensores dos animais agradecem e claro, os animais também embora não tenham como expressar. Leonardo Bezerra


video

Atualização: 28 de novembro: 17:03
Respondendo ao E-Mail que enviamos ao Pedro Teixeira da ONG GAE de Florianópolis, o mesmo enviou-nos respostas muito esclarecedoras, o que pode dar uma visão melhor de tudo que está acontecendo:

Como surgiu a GAE?
A iniciativa dessa campanha surgiu do questionamento dos integrantes do GAE-POA (Grupo pela Abolição do Especismo de Porto Alegre), - www.gaepoa.org - quantos às providências tomadas com os animais desabrigados pelas enchentes.

Aqui em Florianópolis através de iniciativa de um grupo independente ligado à campanha da ACATE (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia), a qual iniciou a campanha arrecadando mantimentos para pessoas desabrigadas em Itajaí, ampliamos as alternativas das doações para atender também os animais desabrigados. Temos contato com a ONG É o Bicho de Florianópolis (www.eobicho.org), que também está apoiando.

Nos respectivos sites há informações sobre as entidades.

Quais as regiões atingidas?
ONGs perto das regiões atingidas

Itajaí: Roberto (47 - 9928-2222) - Associação Itajaiense de Protetores dos Animais

Balneário Camburiu: Bianca - Ong Viva Bicho - (47) 8425-1459 / 9903-5441 - www.vivabicho.org.br


Blumenau: Juliana - ONG Aprablu (www.aprablu.com.br)
aprablu@terra.com.br
Segundo as ONGs mencionadas a principal carência é ração (cães, gatos, equinos, ruminantes) e potes para ração/água. As arrecadações aqui em Florianópolis e em outras como Porto Alegre e São Paulo, têm se concentrado em ração.

Um
caminhão de pequeno porte irá sair de Florianópolis na manhã do próximo domingo (30/11), para Itajaí levando doações para as pessoas e os animais que são e serão atendidos.

Qual a região de pior situação?
Quanto aos animais, até agora, temos mais notícias de Itajaí e Blumenau.

Há um número de animais recolhidos?
As ONGs não tem noção da situação dos animais. A locomoção nas cidades atingidas, e que tivemos notícia, é dificultada pelas áreas alagadas. Não há número preciso de animais recolhidos e amparados.

Como alguém pode ajudar?
Eu te enviei um material com algumas orientações para doações. Tem uma correção a conta bancária que a Aprablu disponibilizou foi BESC,agência 003,conta 119.206-8.

Como conscientizar as pessoas para ajudar os animais?
Essa é uma pergunta difícil de responder. Não podemos, e nem conseguiremos, forçar alguém pensar diferente ao senso comum. A própria defesa civil disse que tem como prioridade os humanos. Essa posição deles mostra a opinião da maioria.

Talvez mostrando as situações humilhantes que os animiais não humanos sofrem, seria um caminho para mostrar o respeito que eles merecem de nós humanos. Relatar os esforços dos que se dedicam a aliviar o sofrimento deles, também demonstraria a importância que membros de uma mesma sociedade estão reconhecendo naqueles que tendem a serem considerados um mero item de propriedade humana, apenas um animal de estimação. Quando na verdade deveriam ser considerados como membros da família.

Há postos de coleta em Florianópolis?
Contato da ACATE (um dos postos de coleta em Florianópolis):

Acate (
Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia)
Rua Lauro Linhares, nº 589 (em frente ao Capitão Gourmet) - Trindade
Informações (48) 2107-2700.
acate@acate.com.br

Atualização: 28 de novembro: 17:18

Transportadora para outros estados (nos informou a Juliana da APRABLU por E-Mail)

Atenção!

Pessoal de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.
Conseguimos um convênio com a transportadora BRASPRESS para o transporte de doações para Blumenau.

A BRASPRESS iniciou uma campanha para ajudar pessoas desabrigadas, porém se prontificaram a levar doações para os animais não humanos.

A lista de filiais da empresa está no link http://www.braspress.com.br/filiais.php

IMPORTANTE

1) Identificar as doações com "Destinado à filial BLUMENAU"

2) Deverão ter uma NOTA AVULSA (esse tipo de nota pode ser encontrada em papelarias). Os próprios funcionários da Braspress ajudarão a preencher a nota;
3) Informe outras campanhas na sua cidade sobre esse convênio com a Brasspress, independente de serem doações para humanos ou não humanos. A Defesa Civil de Santa Catarina está enfrentando problemas na logísticas das doações recebidas. Vamos aproveitar!!!

ATUALIZAÇÃO: 29 de Novembro: 20:16

CAMPANHA: “NÃO ESQUEÇAM DE NÓS”

Com um saldo de 109 mortos, 19 desaparecidos e 79 mil desabrigados, a chuva se despede agora de maneira lenta, mas sempre ameaçadora com novas previsões. Embora o Rio Itajaí-Açu, o maior do Vale do Itajaí tenha voltado ao seu nível normal, o que causa maior problema é a lama e destroços por todos os lados. Os jornais locais indicam também que as águas baixaram totalmente em todas as localidades embora com mais lentidão na faixa litorânea. Isto porque a maré dificulta o escoamento permitindo que o solo já encharcado leve mais tempo para absorver a água restante.

Além de lama e lixo por todo lado há o lado da distribuição de alimentos, roupas, medicamentos e tudo mais que chega diariamente às toneladas de todos os estados. Segundo os jornais locais, faltam voluntários para ajudar na distribuição.

Com relação aos animais nenhum jornal do estado abordou de forma direta o assunto. Quem fez mesmo a cobertura dos acontecimentos foram as ONGs e alguns blogs que tratam do tema animal. De toda maneira a estimativa das ONGs é que entre 700 e mil cães, gatos e cavalos tenham morrido só na região de Itajaí, a mais atingida. Para amenizar um pouco e cuidar do assunto mais diretamente à coordenadoria do Bem Estar Animal de Florianópolis (Coobea) em parceria com as ONGs criaram a campanha: “NÃO ESQUEÇAM DE NÓS”. Eis o que informa:

“A coordenadoria do Bem Estar Animal de Florianópolis (Coobea), juntamente com ONGs parceiras e todos que queiram participar, inicia a campanha Não esqueçam de nós!" para amenizar o sofrimento dos animais que conseguiram se salvar. Serão bem-vindas as doações de medicamentos, material de enfermagem, abrigos, casinhas, bem como trabalho voluntário.

As doações serão recebidas na sede da Coobea e repassadas pelas ONGs para as entidades que atuarão nos locais mais atingidos e necessitados.

Em Florianópolis, as doações serão encaminhadas para os animais do Sul da Ilha e comunidade do Rio Papaquara, no Norte da Ilha — "áreas mais atingidas no município”.

Posto de arrecadação em Florianópolis:

Centro de Zoonoses de Florianópolis Aos cuidados de: Coordenadoria do Bem-estar Animal (Coobea)
End.: Vila Ivan Matos, ao lado do Cemitério do Itacorubi
Itacorubi - Florianópolis - Santa Catarina - CEP 88032-005
Horário de entrega: 8 às 18h
Contato: Maria da Graça Dutra
Fones: (48) 3234-5677/ 9619-8878/ 9114-2537/ 9977-0342
E-mail: bemestaranimal@pmf.sc.gov.br
Site: www.pmf.sc.gov.br/bemestaranimal/

A campanha Não esqueçam de nós! Também destinará doações para outras regiões do Estado. Abaixo, seguem os contatos de ONGs que precisam de ajuda urgente:

Blumenau
Associação Protetora de Animais de Blumenau (Aprablu)
Contato: Bárbara e-mail: aprablu@terra.com.br
Caixa Econômica Federal (ou lotéricas)
Agência:.411 Op. 013 Conta Corrente: 187-5 CNPJ: 03.585.420/0001-75
Contato: Simone Ruth Stoltz
Site: www.aprablu.com.br

Itapema
ONG Amigo Bicho
Contato: Rosele Fatima Perozzo (47) 3368-4758
Banco do Brasil Agência: 3164-x Conta Corrente: 7525740-8 CNPJ: 07499300/0001-06
fotolog.terra.com.br/aamigofiel

Itajaí
ONG Viva Bicho
Contato: Bianca e-mail: vivabichobc@yahoo.com.br
(47) 8425-1459 / 9903-5441
Banco do Brasil Agência: 1489-3 Conta Corrente: 20793-4 Associação Viva Bicho CNPJ 06 156 776 / 0001 - 81
Site: www.vivabicho.org.br

ATUALIZAÇÃO: 30 de Novembro: 08:25

Leonardo, a situação está crítica para todos, pessoas e animais. A chuva não dá trégua, a cidade é formada por morros, e tendo problema de enchentes na cidade, as casas ficam no alto. Com chuvas intermitentes desde o mês de agosto, a terra não consegue mais absorver a água e acontecem desmoronamentos, mesmo em áreas com vegetação. As casas tombam uma sobre a outra, crateras engolem tudo, a lama toma conta e assim ruas inteiras vem desaparecendo do mapa. Não existe critério , os atingidos são de todas classes sociais. Mansões despencam, morros derretem como sorvete. Algumas áreas centrais ainda estão tranquilas, o comércio funcionando, pessoas se locomovendo.

Nós estamos comprando ração e distribuindo nos bairros afetados. Nem sempre temos acesso aos locais que gostaríamos de ajudar. Animais estão soltos pela rua, molhados e perdidos. As pessoas foram evacuadas pela Defesa Civil e quem não pode levar seu animal foi obrigado a deixá-lo para trás. Os soltos ainda estão tentando sobreviver,mas tememos pela vida dos que ficaram presos dentro de casa ou nos quintais, já que os proprietários não podem retornar aos locais. Não temos muito o que fazer, a não ser deixar ração com pessoas de confiança que alimentam aqueles que estão nas ruas, a maioria com coleira e desnorteados. Em anexo algumas fotos que tirei quando levava ração. Precisamos de doações para podermos bancar as despesas atuais e futuras. A Aprablu tem conta no Besc , Banco do Estado de Santa Catarina (banco 027) , agência 003, conta corrente 119.206-8. Nosso CNPJ é 03.585.420/0001-75. Agradecemos antecipadamente e esperamos poder ajudar o maior número possível de animais. Obrigada, Bárbara

___________________________________________________________________

Mensagem enviada por Rosely
Email: lymoda@terra.com.br

Mensagem: Encontrada cadelamestiça, parece golden retrivier ou coker, na rua xv em blumenau 23/11/08 nas cheias,ajudem-me a encontrar a dona, ela chora muito, esta desesperada.LigarRosely (47)33331421

Leia também o artigo mais recente:

SANTA CATARINA E O SOCORRO AOS ANIMAIS



2 comentários:

Dona Gata disse...

Essas imagens dizem tudo.
Aqui em Portugal já me tenho lembrado desta questão, de cada vez que passa na TV. Mas até agora ainda não foi referida nos telejornais, tanto quanto sei.
Seria necessário fazer uma divulgação mais incisiva junto dos órgãos de comunicação social.

Parabéns pelo seu trabalho nesse sentido.

28 de novembro de 2008 16:41
Conceição Ramos disse...

Olá amigo Leornado, parabéns pelo excelente artigo, é uma lacuna nas reportagens sobre essa e outras tragédias. O apoio deveria chegar de outros países também, e não apenas do Brasil.

29 de novembro de 2008 21:58

Faça parte do Jornal Defesa dos Animais

Ajude-nos a melhorar ainda mais preenchendo este formulário

Entrevistas

Os animais são inocentes

Frases do dia

Ocioso

Conheça nossa página de vídeos

Resumo da Declaração Universal dos Direitos dos Animais

A Declaração Universal dos Direitos dos Animais da ONU

01 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

02 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.

03 - Nenhum animal deve ser maltratado.

04 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.

05 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

06 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.

07 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.

08 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimes contra o animais.

09 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.

10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender